.Mim mesmo...
.Encontre neste blog
 
.Recentes

. ...

. Os mais bem pagos das sér...

. Livros e leitura

. Crazy photo

. Love, love, love...

. Casa do Futuro!

. Jogos Olímpicos 2016

. Assassinato de Obama

. Passageiro frequente

. Tradição

."Others"

Von Frankfurt am Main

Abat-jour

Pitau Raia

Fala Barato

O Ressio

Ana às voltas

Vendo a minha mãe

Conhece-te a ti mesmo

31 da Armada

Galeria. J.P

YouTube Canal

Olhares.com

English Russia

Sapo Blogs

Portal dos Sites

 .As minhas jornadas!

 

.Arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

blogs SAPO
.Fazer olhinhos
RSS
Terça-feira, 18 de Março de 2008
a vida curta...

Parece que ainda escuto o meu avô a vozear pela janela que o jantar estava na mesa…

 

-ooohhhhhhhhhhh Pedro!!! Oooooooohhhhhhhh Pedro!!! Já para casa jantar!!!

 

Logo de seguida…

 

- ooooohhhhh Celso!!!!

– ooooohhhhh Zé!!!!

– oooohhhhhhh Mário!!!

Era assim que acabava o dia para nós lá no bairro da Celbi.

 

Obedecíamos aos gritos dos nossos pais e corríamos para casa.

 

Tantas saudades desse tempo! Sem preocupações, sem compromissos, sem todos estas obrigações de crescidos!

 

Hoje, mal nos vimos. Porque um foi para Lisboa e outro até emigrou, assim se deixa os velhos amigos.

 

“As crianças de hoje não se divertem como antigamente!” – Escutei em qualquer esquina!

 

Não me chateia o facto das crianças dos tempos actuais não serem iguais a nós, não fazerem o que fazíamos na nossa infância. À sua maneira, até o são, mas de épocas diferentes!

 

Em eras desiguais e mesmo com educações diferentes, são sempre crianças!

 

Preocupa-me mais o facto de que todas as pessoas que admiro, e gosto, serem cada vez mais raras – não sei se me fiz entender!

Este fim-de-semana, fui à Figueira da Foz, e acreditem que custa ver os “velhos” cada vez mais “velhos”…

 

Olho para trás e que vejo?

 

Uma infância acima da expectativa, estudos e um início de uma carreira profissional. Em 29 anos, os últimos 5 anos, passaram num piscar de olhos – amedronta!

 

 É como se os dias fossem de 8 horas e o tempo enlouquecesse por nós, o que temos de fazer é viver sempre como se fosse o último dia, chegar a casa, dizer o quanto adoramos a nossa mulher, os nosso filhos e nunca nos esquecermos de como nos estimamos a nós mesmos.

Badalado por p3marinho às 12:43
URL | Comentar | Escolhe-me a mim!
4 comentários:
De LB a 19 de Março de 2008 às 20:59
Tags : Palermices"
Não me parece.

De LB a 19 de Março de 2008 às 21:43
"tags: palermices"

Não me parece!

(segunda tentativa)
De p3marinho a 20 de Março de 2008 às 13:03
Palermice… mais por magicarmos estas situações. Mas sem dúvida que é um facto da vida.
De ag a 21 de Março de 2008 às 14:26
Também me lembro do meu pai gritar o meu nome da varanda!!! Essas tradições que se vão perdendo

Comentar post