.Mim mesmo...
.Encontre neste blog
 
.Recentes

. ...

. Os mais bem pagos das sér...

. Livros e leitura

. Crazy photo

. Love, love, love...

. Casa do Futuro!

. Jogos Olímpicos 2016

. Assassinato de Obama

. Passageiro frequente

. Tradição

."Others"

Von Frankfurt am Main

Abat-jour

Pitau Raia

Fala Barato

O Ressio

Ana às voltas

Vendo a minha mãe

Conhece-te a ti mesmo

31 da Armada

Galeria. J.P

YouTube Canal

Olhares.com

English Russia

Sapo Blogs

Portal dos Sites

.Arquivos

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

blogs SAPO
.Fazer olhinhos
RSS
Sexta-feira, 21 de Março de 2008
Alá akbar!

Apesar de ter sido criado no meio da religião católica, não sou muito de religiões, aliás, além do futebol é outro tema que não debato.

Um dia destes estava a ver os jornais na televisão e acabei por parar num “filme de tiros”.

Este “filme”, uma criação de rua, via-se alguém com um rocket na mão a tentar atingir alguém com uma bandeira vermelha às riscas brancas no ombro.

Depois do tão esperado disparo, sobressaem gritos - “alá akbar”… “alá akbar”!

“Alá akbar”? – Deus é louvado? Mas aquela gente não percebe que se houvesse Deus (alá), ele certamente não queria assistir aquilo pela televisão!!!

Isto tudo a horas de se estar acordado. Os telejornais deveriam ser classificados como os filmes e levado à regra,  que antes das 21 não fosse permitido qualquer violência.

Claro que a ocupação de território à força, não é a melhor filosofia, mas também não é muito educativo passarem certos acontecimentos pela televisão. Claro que vê quem quer, mas as crianças querem?

Vamos de mal a pior…

Badalado por p3marinho às 21:26
URL | Comentar | Escolhe-me a mim!